Como fazer recibo de pagamento de férias: Opções para imprimir



By admin | 18 de abril de 2016.


Como fazer recibo de pagamento de férias? Na verdade, em nossos dias, graças aos benefícios da tecnologia moderna contamos com uma grande ajuda que beneficia todos os empregadores, pois agora já existem os diversos modelos de recibos prontos para serem impressos na internet.

Por conta desses benefícios, nenhum empregador precisará esquentar a cabeça uma vez que é só fazer o acerto com o funcionário e dispor desse documento baixando-o da internet e imprimindo para ser usado.

Sabemos que em um país cheio de corrupção como é nosso Brasil, também tem aqueles empregadores que de alguma maneira tiram proveito da ingenuidade de seus funcionários, e às vezes até nem são tão ingênuos, mas se obrigam a aceitar certas regras impostas pelo empregador para não serem dispensados do trabalho.

Direito legal – todo trabalhador contratado tem direito a férias após 1 ano de serviços. No período de 30 dias, o trabalhador vai se ausentar da empresa sem riscos de perder o salário mensal, e, além disso, ainda tem o bônus equivalente a terça parte do salário e tudo isso lhe é assegurado por lei.

como fazer recibo de pagamento de ferias abono






como fazer recibo de pagamento de ferias de domestica

como fazer recibo de pagamento de ferias modelo preenchido

saiba como fazer recibo de pagamento de ferias modelos para imprimir

saiba como fazer recibo de pagamento de ferias

Também segundo a lei, infelizmente ao voltar esse trabalhador não tem nenhuma estabilidade de emprego, com isso pode ser demitido a qualquer momento, porém isso, só acontecerá se existir uma causa justa.

Período de férias – o período de férias deve ser de no mínimo 20 dias, nesse caso o trabalhador faz um acordo com o patrão para vender 10 dias de suas férias. Ou então ele poderá tirar os 30 dias se preferir ou se não houver acordo com o empregador.

Então no momento do acerto dessas férias surge o recibo que nada mais é do que uma ferramenta que comprovará esse acerto, o que beneficia tanto empregado como o empregador demonstrando-se que a lei trabalhista foi cumprida.

Esses recibos também são encontrados prontos também nas livrarias, quando são vendidos em blocos com preços acessíveis, mas para maior comodidade dos empregadores, o próprio Ministério do Trabalho oferece modelos padrão no formato PDF. Nesse caso o empregador só tem o trabalho de baixar o arquivo e imprimir o recibo para ser preenchido.

O que consta num recibo – no recibo vai constar o nome do empregador e do empregado, e, além disso, deverá informar o período em que o empregado trabalhou e o período que gozou as férias. Tem ainda informações sobre os valores pagos e possíveis descontos.

Em geral ainda existe um parágrafo declarando o recebimento do valor líquido referente ao pagamento das férias. Nesse parágrafo o próprio empregado reconhece o pagamento referido e então assina o documento colocando o local e a data desse pagamento.

como fazer demonstrativo de pagamento de ferias como fazer recibo de pagamento de ferias e decimo terceiro

como fazer recibo e aviso de pagamento de ferias

modelo de recibo de pagamento de ferias

recibo de pagamento de ferias para imprimir

Acordos que não valem mais – no passado existiam acordos entre patrão e empregado onde o empregado negociava todo o período de férias. Porém, sabe-se muito bem que dependendo da profissão, o trabalho é bastante estressante, e por conta disso, muitos trabalhadores se desgastam com o longo período sem férias e com isso, deixam de render no trabalho.

Hoje é lei que precisa ser cumprida, e isso implica em pelo menos 20 dias de descanso que o trabalhador tem direito de reclamar sempre que completar 1 ano de trabalho. Isso não quer dizer, porém, de que as férias precisam ser cedidas logo em seguida.

Na verdade, o empregador poderá adiar essas férias até 11 meses mais tarde. E se acaso ultrapassar esse prazo, por lei esse empregador precisará pagar o dobro dos vencimentos.

Pagamento adiantado – quando o empregado vai sair de férias, por lei ele também tem o direito de receber o salário e mais o bônus equivalente a terça parte do seu salário, dois dias antes que ele inicie esse período de descanso e, se existirem horas extras que estão pendentes do pagamento, estas também devem ser adicionadas ao pagamento.

Se houver acordo entre o empregador e o empregado, este também poderá fracionar suas férias dividindo-a em período mínimo de 10 dias. E de forma alguma pode haver um acúmulo de férias, pois isso é ilegal e o empregador estará sujeito a pagar multa administrativa.

Fique por dentro – existem muitas informações importantes que o empregado precisa conhecer sobre os direitos e deveres referente às férias, por isso, seja esperto e busque se informar a respeito. Acesse o site do Ministério do Trabalho ou outros sites que tratam a respeito desse assunto e tire suas dúvidas.

E se você é um empregador que zela pelo seu ramo de negócio e também pela confiança do seu empregado, não tente suborná-lo, pois o empregado aprende com o patrão. Pague em dia seus salários e quando chegar o momento do empregado gozar as férias libere-o segundo a lei, com recibo de pagamento e tudo.

Evitando problemas – agindo dessa forma, nenhum empregador precisará se preocupar com uma possível queixa do empregado junto ao Ministério do Trabalho, pelo menos não com referencia as suas férias, e até o empregado sentir-se-á mais confiante no trabalho e vai ter mais disposição para cumprir seus compromissos.